João e Maria

Era uma vez, numa casinha simples no meio da floresta, dois irmãos chamados João e Maria. Eles moravam com o pai, que era lenhador, e a madrasta. A vida não era fácil, a comida era pouca e todos sentiam fome. A madrasta, que não gostava muito das crianças, convenceu o lenhador a deixá-las na floresta, pensando que assim teriam mais comida para eles.

O lenhador, com o coração partido, levou João e Maria para bem dentro da floresta e os deixou lá sozinhos. Mas João, que era um menino esperto, tinha pensado em um plano. Ele foi jogando pedacinhos de pão pelo caminho, para marcar o caminho de volta. Só que os passarinhos da floresta acharam os pedacinhos deliciosos e comeram tudo, deixando as crianças sem saber como voltar para casa.

João e Maria andaram, andaram, até que encontraram uma casa muito estranha e bonita. Ela era toda feita de doces! As paredes eram de chocolate, o telhado de biscoito e as janelas de açúcar. As crianças ficaram muito felizes e correram para a casa, com água na boca.

assumidamente eu

Mas a casa não era o que parecia. Ela era a casa de uma bruxa malvada, que adorava comer criancinhas. A bruxa fingia ser boazinha e atraía as crianças com a casa de doces. Quando João e Maria entraram, a bruxa os prendeu. Ela colocou João em uma gaiola e começou a alimentá-lo com muitas guloseimas, para que ele ficasse gordinho e delicioso. Enquanto isso, Maria tinha que trabalhar na casa, fazendo todo o serviço para a bruxa.

João e Maria estavam com muito medo, mas não desistiram de fugir. Maria, que era muito esperta, teve uma ideia. Ela enganou a bruxa, fazendo-a acreditar que João ainda estava magro. E João, que era muito corajoso, ajudou no plano. Ele dava um ossinho de galinha para a bruxa tocar, no lugar do seu dedo, para ela achar que ele ainda estava muito magro.

Um dia, a bruxa decidiu que era hora de comer João. Ela acendeu o forno para assá-lo. Mas Maria, que estava sempre atenta, viu a oportunidade perfeita. Quando a bruxa se aproximou do forno, Maria a empurrou para dentro! A bruxa malvada desapareceu para sempre.

João e Maria ficaram muito felizes e aliviados. Eles encontraram um tesouro escondido na casa da bruxa e, com a ajuda dos passarinhos, conseguiram achar o caminho de volta para casa. O pai deles estava muito arrependido por ter deixado as crianças na floresta e ficou muito feliz em vê-los de volta. A madrasta malvada tinha ido embora, e a família pôde viver feliz para sempre.

Comentários